Imprimir esta página
domingo, 09 fevereiro 2020 17:41

Faleceu o professor Malaca Casteleiro, académico correspondente da AGLP

Com grande dor e pesar a Academia Galega da Língua Portuguesa informa do falecimento do seu correspondente João Malaca Casteleiro.

O eminente linguista João Malaca Casteleiro, figura central na elaboração do novo Acordo Ortográfico, morreu na sexta-feira, aos 83 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, onde estava internado.

Malaca Casteleiro, natural de Teixoso, Covilhã, licenciou-se em Filologia Românica, em 1961, tendo obtido o doutoramento pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em 1979, com uma dissertação sobre a sintaxe da língua portuguesa. Professor catedrático naquela faculdade desde 1981 e membro da Academia das Ciências de Lisboa, Malaca Casteleiro foi o principal responsável na elaboração do novo Acordo Ortográfico de 1990, acordo esse que só entrou em vigor em Portugal mais de uma década depois (2009).

Foi também diretor de investigação do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa, conselheiro científico do Instituto Nacional de Investigação Científica e presidiu ao Conselho Científico da Faculdade entre 1984 e 1987. Foi ainda presidente do Instituto de Lexicologia e Lexicografia entre 1991 e 2008, tendo durante a sua longa carreira de professor orientado muitas de teses de doutoramento e de mestrado.

Tinha coordenado e colaborado em diversos projectos de investigação e de edição, em Portugal e noutros países, em articulação com organismos como o Conselho da Europa, os Serviços de Educação do Governo de Macau e o Ministério da Educação, entre outros.

 

Membro da Academia das Ciências de Lisboa desde 1979, foi presidente do seu Instituto de Lexicologia e Lexicografia entre 1991 e 2008. Ao longo da sua carreira de professor orientou mais de meia centena de teses de doutoramento e de mestrado. João Malaca Casteleiro foi o responsável pela versão portuguesa do Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, bem como coordenador científico do Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da Academia das Ciências de Lisboa, publicado em 2001, e do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa editado pela Porto Editora em Outubro de 2009.

Em representação da Academia das Ciências de Lisboa, Malaca Casteleiro fez parte da delegação portuguesa ao Encontro de Unificação Ortográfica da Língua Portuguesa, realizado na Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, em maio de 1986, com presença de Isaac Alonso Estraviz, José Luís Fontenla e Adela Figueroa Panisse, em representação da Galiza. Participou também no Anteprojeto de Bases da Ortografia Unificada da Língua Portuguesa, em 1988, tendo visitado a maior parte dos países da CPLP nesse ano, criando as condições que conduziram ao Acordo Ortográfico de 1990, firmado nesse ano, em 12 de outubro, na Sala de Reuniões Internacionais da Academia das Ciências de Lisboa, com a adesão da Delegação de Observadores da Galiza, representada nessa ocasião por José Luís Fontenla e António Gil Hernández.

A 24 de abril de 2001 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique. Outra faceta menos conhecida do grande linguista português é ter sido herói de guerra, tendo salvado a vida de vários compatriotas durante a Guerra Colonial portuguesa.

 

O professor Malaca Casteleiro, grande amigo da Galiza, tomou posse como académico correspondente da AGLP em sessão solene no dia 5 de outubro de 2012, junto com os professores Chrys Chrystello, Evandro Vieira, Evanildo Bechara e Maria Dovigo, e, in absentia, Carlos Reis, Adriano Moreira, Eugénio Anacoreta Correia. Foi também acreditado académico de mérito José Luís Fontenla Rodrigues. O evento teve lugar em Ourense, no contexto dos XVIII Colóquios da Lusofonia. Participou nos seminários de lexicologia organizados em Santiago de Compostela em 2009, 2010 e 2011, tendo registado diversas entrevistas:

I Seminário de Lexicologia da AGLP - Entrevista ao professor João Malaca Casteleiro

II Seminário de Lexicologia da AGLP - Entrevista a João Malaca Casteleiro

O quarto volume do Boletim da Academia Galega da Língua Portuguesa rende homenagem ao professor João Malaca Casteleiro.

 

Fonte: NOTÍCIAS DE COIMBRA

 

Mais informação na web da AGLP

 

Ler 419 vezes