domingo, 02 agosto 2020 17:43

Reuniões plenárias da Fundação AGLP

Reuniões plenárias da Fundação AGLP

O sábado 1 de agosto tiveram lugar, na Casa da Língua Comum de Santiago de Compostela, as reuniões da Fundação e Academia Galega da Língua Portuguesa.

Entre outros assuntos, os académicos foram informados detalhadamente das atividades realizadas durante o ano em curso, com especial atenção às relações internacionais. Foram também apresentadas e aprovadas as contas da Fundação. Acordou-se igualmente um programa de atividades para os próximos meses, que inclui diversas publicações e atividades divulgativas.

Procedeu-se, na mesma sessão, à renovação dos cargos da Comissão Executiva, e aprovaram-se as candidaturas de novos membros da Academia. 

Iolanda Rodrigues Aldrei, natural de Santiago, foi eleita nova académica de número. No capítulo dos académicos correspondentes foram eleitos, também por unanimidade, os escritores Samuel Pimenta (Portugal) e Paulo Soriano (Brasil).

A assistência produziu-se tanto de forma presencial como virtual, através de uma plataforma de internet que permite a participação, discussão e votação de todos os pontos da ordem de trabalhos.

 A composição da Comissão Executiva, que conjuga experiência e renovação, é a seguinte:

Presidência, Rudesindo Soutelo
Vice-Presidência, Ângelo Cristóvão
Secretaria, Pedro Casteleiro
Vice-Secretaria, Teresa Moure
Tesouraria, Concha Rousia
Arquivo-Biblioteca, Joám Trilho

 

Arquivo Fontenla.
A Fundação executou, durante os primeiros meses de 2020, com o apoio económico da Deputação da Corunha, a primeira parte do Projeto Fontenla, que constitui um importante património histórico da cultura e o ativismo social da Galiza. 
Esta primeira fase esteve orientada à classificação, identificação e catalogação do Arquivo doado pelo académico de honra José Luís Fontenla, que inclui, entre outros documentos relevantes, a totalidade dos originais da Comissão Galega do Acordo Ortográfico. Nos próximos meses está previsto iniciar a segunda parte do projeto, consistente na digitalização de milhares documentos, por forma a torná-los acessíveis a investigadores e académicos, através do programa Molécula. 


PROJETO DE INVENTÁRIO DE FUNDOS DA DOAÇÃO DA FAMÍLIA FONTENLA


 

Ler 166 vezes