quinta-feira, 02 fevereiro 2012 11:33

Léxico da Galiza - Ficha da edição (novembro de 2011)

Léxico da Galiza (segunda revisão, janeiro de 2010)

Léxico da Galiza para ser integrado no
Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa

Edita: Comissão de Lexicologia e Lexicografia da Academia Galega da Língua Portuguesa

Apresentação:

O processo de unidade da língua escrita acha-se concretizado atualmente na aplicação do Acordo Ortográfico de 1990. Nele participou também uma Delegação de Observadores da Galiza, por convite da ACADEMIA DAS CIÊNCIAS DE LISBOA, segundo consta na documentação oficial publicada nos diferentes estados de língua portuguesa.

O Acordo Ortográfico ofereceu uma oportunidade para repensar a língua portuguesa – nascida na velha Gallaecia – nuns termos que abrangem a extensa e útil riqueza linguística existente nos territórios e comunidades da Lusofonia, seja qual for a sua origem e situação.

A elaboração do Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa, prevista no texto do Acordo (recentemente ratificado em Lisboa pelos Sr.es Ministros da Educação e da Cultura dos Países membros da CPLP), significa um passo à frente no reconhecimento da diversidade e universalidade.

Foi neste contexto que a ACADEMIA GALEGA DA LÍNGUA PORTUGUESA, como instituição científica que tem entre as suas funções o estudo e difusão do português da Galiza, elaborou, por meio da COMISSÃO DE LEXICOLOGIA E LEXICOGRAFIA, uma seleção de vocábulos galegos que aqui são propostos para ser integrados no Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa e com o propósito de que, no futuro e definidos de vez, sejam integrados nos Dicionários da língua da Lusofonia.

As vozes propostas, salvo erro, não constam nem nos vocabulários nem nos dicionários gerais mais conhecidos, publicados em Portugal e no Brasil. Contudo, sendo referência fundamental o Dicionário da Língua Portuguesa Contemporânea da ACADEMIA DAS CIÊNCIAS DE LISBOA para a elaboração desta proposta lexical, pode acontecer que algumas das palavras figurem nalguns dicionários como de uso local ou regional.

Dadas as especiais circunstâncias sociais em que a língua comum se vem desenvolvendo na Galiza, este contributo é provisório: não todos os vocábulos aqui incluídos têm a mesma legitimidade, embora, por serem de uso corrente na atualidade quer na fala habitual quer na escrita literária, possam ser estimados característicos da variante nortenha do português europeu e, portanto, com direito a constarem no Vocabulário Ortográfico Comum da Língua Portuguesa e nos dicionários gerais.

Por fim, confiamo em que nos futuros Dicionários da Língua Portuguesa, para além de recolherem estas vozes de uso na Galiza, também sejam incluídas algumas acepções galegas nas definições das palavras comuns.

Data de lançamento: novembro de 2011

Número de páginas: 19

Pode descarregar o Léxico da Galiza em formato PDF aqui [135 KB]

Ler 3732 vezes