terça, 05 maio 2015 06:40

AGLP participa nos atos da iniciativa "Cultura Que Une" em Amarante e Vila Real


Os membros da AGLP Isaac Alonso Estraviz e Francisco M. Paradelo representaram a nossa instituição nos eventos culturais que tiveram lugar durante os dias 2 e 3 de maio, nas vilas de Amarante e Vila Real.

À direita, Isaac Alonso Estraviz, em representação da Academia Galega

Os membros da AGLP Isaac Alonso Estraviz e Francisco M. Paradelo representaram a nossa instituição nos eventos culturais que tiveram lugar durante os dias 2 e 3 de maio, nas vilas de Amarante e Vila Real. Ditas atividades constituíram a primeira fase do programa de atos que a iniciativa "Cultura Que Une" elaborou para ser desenvolvido no mês de maio e junho deste ano, primeiro no norte de Portugal e depois na cidade galega da Crunha.

"Cultura Que Une" nasceu com a vontade de criar uma rede colaborativa entre pessoas, associações e instituições culturais a norte e sul do rio Minho para propiciar o reencontro e a redescoberta de um património cultural comum que teve origem no território da Gallaecia romana e que teve na língua galaico-portuguesa a sua fonte de criação; por palavras dos seus criadores: "A aprovação a 11 de Março de 2014 pelo Parlamento Galego da Lei Valentín Paz-Andrade, fruto de uma Iniciativa Legislativa Popular, publicada no DOG de 8 de Abril de 2014, convida-nos, e até certo ponto obriga-nos, a aprofundar no esforço do reencontro".

Os atos continuarão numa segunda jornada que decorrerá entre os dias 29 e 31 de maio, também nas cidades de Amarante e Vila Real, para depois, do 10 ao 14 de junho, serem deslocados à cidade galega da Crunha, onde se desenvolverá um amplo programa de eventos culturais com o relacionamento galego-português como tema central.

Todos os atos podem ser consultados no programa que se anexa. Igualmente, disponibilizamos o texto da comunicação apresentada pelo Prof. Isaac Alonso Estraviz.

Ler 937 vezes