Categoria: Sessão Inaugural Acessos: 6997
Os primeiros passos da Academia GalegaUm Amplo e Simbólico Programa de Atividades

O programa da Sessão Inaugural, em que será dada a conhecer a lista dos académicos e académicas fundadoras, começará às 9h30 do dia 6 de outubro. Nesse momento, os professores José Luís do Pico, Eduardo Baamonde e Servando Barreiro irão acompanhar com instrumentos de música tradicional a oferenda floral aos Galegos Ilustres, em São Domingos de Bonaval. Convidados(as) e académicos(as) irão depositar uma coroa de loureiro ao pé do túmulo de Rosalia de Castro. O presidente da AGLP, José-Martinho Montero Santalha, falará em nome dos presentes. Os músicos irão interpretar o Hino do Batalhão Literário, terceiro da história da Galiza, e outras peças musicais de marcado simbolismo cívico.

Pelas 10h30 dará início o ato oficial de abertura das atividades da Academia Galega, na Sala de Conferências do Centro Galego de Arte Contemporânea, que contará com as intervenções do escritor moçambicano João Craveirinha; o Vice-Presidente da Classe de Letras da Academia das Ciências de Lisboa, Professor Doutor Artur Anselmo, em representação dessa instituição; o Professor Doutor Malaca Casteleiro, também da ACL; o Professor Doutor Evanildo Bechara, representando a Academia Brasileira de Letras; o Ex.mo Sr. Reitor da Universidade Aberta, Carlos Reis, o Vice-reitor da Universidade de Santiago de Compostela e Presidente da Associação Internacional de Lusitanistas, Professor Doutor Elias Torres, o Secretário Geral de Relações Institucionais da Junta da Galiza, Xoán Antón Pérez-Lema; o presidente da Academia Galega, José-Martinho Montero Santalha, catedrático da Universidade de Vigo, e o Presidente da Ass. Cultural Pró AGLP, Ângelo Cristóvão.

Às 13 horas o presidente da AGLP dará a conhecer a lista dos académicos e académicas fundadoras, e apresentará o primeiro número do Boletim. Esta publicação inclui textos de Montero Santalha, Carlos Durão, Ernesto Vázquez Souza, António Gil (diretor), Maria do Carmo Henríquez, Ângelo Brea, Bárbara Kristensen, Xavier Vilhar Trilho, Álvaro J. Vidal, João Evans e Rudesindo Soutelo. Contém um apartado institucional e recensões. Especialmente salientável é a inclusão do texto e partitura do Hino da Galiza, e o primeiro andamento da suite para guitarra Deu-la-deu, composta por Rudesindo Soutelo em honra da AGLP.

Isabel Rei, professora do Conservatório Oficial de Música da Corunha, iniciará a sua interpretação com a suite para guitarra Deu-la-deu, do compositor Rudesindo Soutelo. Esta peça será seguida de várias composições para guitarra da família de Marcial Valladares, que serão assim resgatadas. É, pois, uma recuperação do património musical culto galego do século XIX. As partituras da família Valladares serão publicadas proximamente, com anotações da própria Isabel Rei e José Luís do Pico.

Os atos da manhã finalizarão com a interpretação do Hino da Galiza, na gaita do professor Eduardo Baamonde Dúbi. O poema de Eduardo Pondal e a partitura do Hino foram incluídos no Boletim.

Às 17 horas terá lugar a recepção oficial na Reitoria da Universidade de Santiago, oferecida pelo Vice-reitor Elias Torres. Seguidamente terá lugar um recital de poesia (Salão Nobre da Reitoria) em que oito conhecidos poetas galegos lerão textos de diversas etapas da história da língua, dos cancioneiros medievais à atualidade.

O recital do Orfeão Terra a Nossa, que começará às 20h30, terá lugar na Igreja da Universidade, como colaboração da Fundación Caixa Galicia, que adere assim a este evento. O programa inclui obras galegas, portuguesas e brasileiras, com especial destaque para uma obra do compositor e diretor de orquestra Joám Trilho, arquiveiro-bibliotecário da Academia Galega da Língua Portuguesa.

Programa da Sessão Inaugural

Centro Galego de Arte Contemporânea
Santiago de Compostela (Galiza), 6 de Outubro de 2008

9h30 Oferenda floral no Panteão de Galegos Ilustres (Igreja de São Domingos de Bonaval)

Interpretação do Hino do Batalhão Literário, e outras peças musicais, por Eduardo Baamonde, Servando Barreiro e José Luís do Pico.

10h30 Mesa de Oradores. Sala de Conferências do CGAC

Moderador: Ângelo Cristóvão, Presidente da Ass. Cultural Pró AGLP
Doutor João Craveirinha, escritor moçambicano
Prof. Doutor Malaca Casteleiro, Academia das Ciências de Lisboa
Prof. Doutor Artur Anselmo, Academia das Ciências de Lisboa
Prof. Doutor Carlos Reis, Reitor da Universidade Aberta (Portugal)
Prof. Doutor Evanildo Bechara, Academia Brasileira de Letras
Ex.mo Sr. Xoán Antón Pérez-Lema, Secretário de Relações Institucionais, Xunta da Galiza
Ex.mo Sr. Elias Torres, Vice-Reitor da Universidade de Santiago de Compostela
Prof. Doutor José-Martinho Montero Santalha, Presidente da AGLP

12h30 Pausa para café

13h00 Intervenção do Presidente da AGLP

Leitura dos nomes dos académicos e académicas.

Apresentação do primeiro número do Boletim da AGLP e inauguração das atividades da Academia.

13h30 Programa musical

A professora Isabel Rei interpretará:

O professor Eduardo Baamonde, Dubi, interpretará:

(Versão para canto e piano publicada no Boletim nº 1 da AGLP.)

14h30 Jantar para os convidados no Restaurante O Dezasseis

17h00 Recepção aos académicos na Reitoria da Universidade de Santiago

Recepção a cargo do Vice-Reitor da Cultura, Prof. Doutor Elias Torres Feijó.

18h00  Sala Nobre da Reitoria: Recital de poesia

A cargo do Clube dos Poetas Vivos.

20h30 Igreja da Universidade de Compostela

Atuação do Orfeão Terra a Nosa, com repertório de música galega, portuguesa e brasileira, e a interpretação de uma obra do professor, compositor e diretor de orquestra, Joám Trillo.

22h00 Ceia de homenagem

Dedicada aos académicos Artur Anselmo, Evanildo Bechara e Malaca Casteleiro.

Descargas

Mais info: